Loading...

Analise de Resultado Financeiro na Prática: Caso Eletrobrás

Analise de Resultado Financeiro na Prática: Caso Eletrobrás

Vamos entender através de Analise de Resultado apresentado pela  pela Centrais Elétricas Brasileiras – Eletrobrás que foram divulgadas referente ao 3º Trim. 2018 em comparação ao 3º Trim. 2017, tentando entender como a empresa apresentou aumento de Receita Líquida, aumento de Lucro Bruto, mas ao final teve Prejuízo Operacional frente ao Lucro do período anterior. Como isso é possível? Como se precaver para que tais situações não ocorram na sua empresa.

A análise de Resultado da empresa pode demonstrar situações surpreendentes até para o empresário mais controlado e observador. As demonstrações financeiras quando apresentam a realidade econômica da empresa e quando bem analisadas mostram a realidade da empresa de forma simples e direta. Para esta análise iremos utilizar a Analise Horizontal e a Análise Vertical destes dois períodos.

Análise horizontal:

Baseia-se na comparação entre resultados de um mesmo indicador em relação a períodos anteriores. Ela recebe esse nome, inclusive, porque na maioria das vezes é feita ao dispor diferentes dados um do lado do outro para a comparação.

Análise vertical:

Recebe esse nome porque acontece de cima para baixo ou de baixo para cima, indicando resultados em efeito cascata. Esse tipo de análise também pode ser utilizado para identificar a porcentagem de participação de determinado indicador no resultados.

Centrais Elétricas Brasileiras – Eletrobras

Em bilhões 3º TRIM. 2018 A. Vertical 3º TRIM. 2017 A. Vertical2 A. Horizontal

Receita líquida

8,93 100,00% 8,89 100,00% 0,45%

CMV

3,49 39,08% 3,92 44,09% -10,97%

Lucro Bruto

5,44 60,92% 4,97 55,91% 9,46%

Desp. Operacional

5,73 64,17% 3,18 35,77% 80,19%

Lucro/Prejuizo Operacional

-0,290 1,78

Resultados apresentados pela Eletrobrás no site: clique aqui

Analise de Resultado Financeiro:

Vamos para a prática, a Eletrobrás tinha todos os indícios de que o Resultado apresentado no 3º trim. De 2018 seria melhor do que o Resultado do 3º trim. De 2017. A Receita Líquida foi de 8,93 bi contra 8,89 bi, um aumento de 0,45%. A Eletrobrás está com maior receita no ano de 2018, podemos entender que maior receita é maior lucro certo? Nem sempre.

Quando comparamos o Custo dos dois períodos vemos que  o Custo de 2018 foi 3,49 bi contra 3,92 bi o que representa uma diminuição no custo de 10,97%. Menor custo representa maior lucro? Nem sempre.

O Lucro Bruto dos dois períodos foi R$ 5,44 bi em 2018 contra R$ 4,97 bi em 2017. O aumento da Receita e diminuição do custo fez com que o Lucro Bruto da Eletrobrás aumentasse 9,46%. Analisando somente estas métricas fica difícil imaginar como ela conseguiu não apresentar um lucro maior em 2018 em comparação a 2017, mas o X da questão aparece na próxima comparação.

Despesa Operacional, está aqui a diferença entre o lucro e prejuízo neste caso que estamos analisando. A Eletrobrás teve R$ 5,73 bi em 2018 contra 3,18 bi em 2017 o que significou um aumento de 80,19% nas Despesas Operacionais.Desta forma o Resultado foi de Prejuízo Operacional de R$ 299 mi em 2018 contra um Lucro Operacional de R$ 1,78 bi em 2017.

Entendendo a análise:

Como é possível um aumento de 80% nas despesas de uma empresa. Analisando detalhadamente as demonstrações financeiras disponibilizadas pela Eletrobrás podemos verificar que o principal ponto de impacto nos resultados foram decorrentes de Provisões Operacionais feitas no período. A Eletrobrás fez no período Provisões para Contingências, Provisões para Empréstimos Compulsórios, Provisões para Perda em Investimentos. Tais provisões foram de 3,57 bi em 2018 contra 653 mi em 2017 um aumento de 446% no total das provisões.

Esta análise minuciosa pode parecer coisa de Estatal, grandes empresas, coisa de empresas que faturam bilhões por ano, mas não, as demonstrações financeiras conseguem demonstrar a realidade da empresa com detalhes que só aparecem nestas demonstrações.

Saber que sua empresa está faturando mais, que o custo do seu produto está menor ou que o custo de ocupação da sede da sua empresa aumentou, isoladamente não diz nada. O X da questão nesta análise é saber o quanto cada aumento ou diminuição está impactando o resultado da sua empresa.

A importância das Análises de Resultado Financeiro:

Fazer análises trimestrais com fechamento de balanço e de demonstrações faz com que a empresa tenha um maior tempo de reação e possa aplicar rotas alternativas para melhorar ainda mais seus resultados ou reverter um prejuízo que seria inevitável caso esta analise seja feita somente uma vez por ano.

Muitas empresas ainda não conseguem enxergar que as demonstrações financeiras são mais do que uma obrigação legal para o fisco e sim elas são ferramentas utilizadas na tomada de decisão dos gestores de grandes empresas e estão disponíveis para qualquer tamanho  ou porte da empresa.

Veja também a análise do caso da Contem 1gr, clique aqui

Fale com seu contador e peça as demonstrações financeiras da sua empresa, você pode se surpreender com os resultados que ela apresenta.

Faça uma análise de Resultado da sua empresa, envie um e-mail para [email protected] e nossos consultores entrarão em contato para te enviar uma análise das suas demonstrações financeiras sem nenhum custo. Você só precisa ter o Balanço e a DRE da sua empresa.

Contabilidade + Financeiro + Gestão = Crescimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
 
 

× Quer tirar alguma dúvida? Fale conosco