Loading...

BPO Financeiro Para Startups e seus Benefícios

Introdução Sobre os Benefícios do BPO Financeiro Para Startups

De forma introdutória, se você já se perguntou algo do tipo “Quais são os benefícios de fazer BPO financeiro na minha startup” podemos dizer à você que este artigo irá sanar suas dúvidas. Veja uma breve introdução sobre os benefício do BPO Financeiro para startups.

De forma inicial explicamos que o BPO foi por muito tempo considerado uma prática restrita para empresas multinacionais bem estabelecidas mas hoje ele é visto como um ótimo meio de crescimento para que a startup foque nas suas atividades chave.

O que é o BPO Financeiro para startups

Neste artigo você saberá um pouco mais sobre os 5 principais benefícios de aplicar o BPO Financeiro Para Startups que são:

  1. Delegação de Tarefas Não Essenciais:
  2. Compartilhar Responsabilidades Com um Bom Parceiro;
  3. Descobrir Novas Possibilidades;
  4. Aumentar o Seu Networking;
  5. Realizar Atividades Financeiras Específicas.

Apresentamos na sequência de forma resumida uma tabela mostrando os benefícios do BPO Financeiros Para Startups aqui tratados e mostrando os aspectos de forma concisa e didática.

Tabela Resumo dos  Benefícios do BPO Financeiro Para Startups

BPO Financeiro também é para Startups

Começar uma startup não é tarefa fácil, mas é possível simplificar esse processo usando o BPO. 

BPO significa “Business Process Outsourcing“, em português “Fornecimento Externo de Processos de Negócios”, ou seja, no caso do BPO financeiro é um meio de uma startup terceirizar as atividades financeiras de sua empresa para um parceiro externo.

Antigamente o BPO era exclusividade de empresas grandes e muito bem estabelecidas, contudo hoje é possível e recomendada a aplicação por negócios em crescimento como as startups.

Assim, usando o BPO a startup pode economizar tempo e conseguir melhores resultados com maior qualidade nos serviços financeiros da empresa.

1 – Benefício do BPO Financeiro Para Startups:  Delegação de Tarefas Não Essenciais 

O primeiro benefício evidente do BPO Financeiro em Startups é a delegação de tarefas não essenciais.

Definimos aqui como tarefas não essenciais aquelas que não são de foco central da empresa, ou seja que não é o core-business da mesma.

Conforme o Business Dictionary (2020) podemos definir core-business como: 

“A principal área ou atividade para que uma empresa foi fundada ou se concentra em suas operações comerciais. Muitos líderes de mercado pretendem manter uma posição forte em suas principais áreas de negócios, mas geralmente permanecem abertos ao desenvolvimento de novas áreas de atividade à medida que surgem oportunidades de negócios percebidas”.

Assim sendo, considerando que as atividades financeiras de sua empresa não fazem parte do seu core-business, é uma decisão estratégica positiva delegar essa atividade para uma empresa parceira através do BPO Financeiro.

2 – Benefício do BPO Financeiro Para Startups: Compartilhar Responsabilidades Com Um Bom Parceiro

Quando falamos sobre os Benefícios do BPO Financeiro Para Startups é importante selecionar um bom parceiro de maneira criteriosa e assim compartilhar as responsabilidades financeiras de sua empresa.

Com isso, seu negócio terá a capacidade de focar no seu core-business e ter a menor quantidade de impactos possíveis nos processos atuais. 

Primeiro, é importante ter atenção para escolher um parceiro flexível à suas necessidades empresariais e dependendo das necessidades de sua startup o seu fornecedor de BPO financeiro irá te oferecer uma solução customizada.

3 – Benefício do BPO Financeiro Para Startups: Descobrir Novas Possibilidades

Quando sua startup trabalha com novas pessoas externas às novas possibilidades se abrem e isso é um benefício do BPO Financeiro para Startups.

Assim sendo, conforme sua startup fizer reuniões com seu fornecedor de BPO Financeiro sua empresa terá acesso à profissionais especializados nos processos financeiros e esse contato será valioso para suas tarefas. Nesse aspecto, pode ser que um especialista externo tenha a resposta para dúvidas e questionamentos que a sua startup carrega a muito tempo.

4 – Benefício do BPO Financeiro Para Startups: Aumentar Seu Networking

Como quarto benefício do BPO Financeiro para Startups trazemos o aumento do networking. 

Nesse sentido, o autor Guerrazzi (2018) estudou quais fatores mais aumentam a taxa de mortalidade de startups e analisou que o fator mais importante para evitar sua morte são o recursos de legitimação que estão intimamente ligados como acesso a recursos externos e agentes externos como: 

  1. Acesso à uma rede de investidores anjos
  2. Se conectar com uma rede de fornecedores
  3. Ter uma rede de possíveis clientes

Ainda nesse sentido, quando sua startup estabelece uma boa parceria com um fornecedor de BPO financeiro, ela poderá ampliar sua rede de contatos e evitar o declínio da empresa como mostrou o estudo de Guerrazzi (2018).

5 – Benefício do BPO Financeiro Para Startups: Realizar Atividades Financeiras Especificas

O quinto e último benefício que trazemos é a possibilidade de realizar atividades financeiras mais específicas e especializadas.

Logicamente, quando falamos de serviços financeiros para startups existe uma gama muito grande de possibilidades de serviços, indo além de processos mais rotineiros. É possível solicitar análises financeiras gerenciais muito mais completas que seriam muito difíceis de realizar internamente como, por exemplo, os seguintes aspectos da Contabilidade Gerencial que tratamos em textos diferentes aqui no Blog Cognitio:

Considerações Finais Sobre os Benefícios do BPO Financeiro Para Startups

Como conclusão, enfatizamos a importância de aplicar o BPO Financeiro e os seus benefícios para startups como uma maneira de terceirizar uma tarefa importante porém que não é a atividade-chave de sua empresa.

Com isso, a sua startup poderá ter uma gestão financeira com maior qualidade, com especialistas financeiros cuidando dos processos e por fim sua empresa terá mais tempo e qualidade na gestão das atividades-chave dela.

Podemos resumir os benefícios tratados neste artigo da seguinte forma (conforme mostrado na tabela resumo no início do artigo):

  1. Delegue as tarefas que não são o core-business da sua startup. Nesse sentido, considerando que as atividades financeiras não é o foco da sua empresa então delegue.
  2. Ter um bom parceiro financeiro para o suas tarefas e foque no que é essencial para sua startup.
  3. Descubra novas ideias, oportunidades e melhorias com uma visão externa da sua empresa.
  4. Expanda a rede de contatos da sua startup, esse é o fator mais importante para evitar a morte de startups seguindo Guerrazi (2018)
  5. Faça tarefas financeiras mais rebuscadas que seriam improváveis somente com uma equipe interna.

Como ter sucesso no BPO financeiro para minha startup

Para que sua empresa tenha sucesso no BPO financeiro é importante que você encontre um bom fornecedor, que tenha um bom relacionamento e que conforme enfatizado por Costa (2003) é muito relevante tratar o relacionamento com o seu fornecedor de forma ganha-ganha para que ambos tenham vantagens competitivas no mercado. Através dessa parceria ambas podem focar em suas atividade-chave. Nós da Cognitio podemos te ajudar entre em contato conosco pelo telefone (11) 3042-8522 e aplique agora o BPO Financeiro em sua startup com processos de muita qualidade baseados em um bom relacionamento.

Referências Usadas Sobre Benefícios do BOP Financeiro Para Startups

  1. SANTILLA. Eduardo. Anderson Group. 5 Ways Startups Benefit from Business Process Outsourcing Services. Acesso em: 07/06/2020. Disponível em: https://andersonbpoinc.com/blogs/5-outsourcing-startup-benefits/
  2. Business Dictionary. Core Business. Acesso em: 13/06/2020. Disponível em: http://www.businessdictionary.com/definition/core-business.html
  3. Guerrazzi, L. A. C (2015). Declínio Organizacional em Pequenas Empresas. Universidade Nove de Julho. Acesso em: 15/06/2020. Disponível em: http://repositorio.uninove.br/xmlui/handle/123456789/1159
  4. Costa, F. (2003). Outsourcing estratégico: uma nova perspectiva. Revista de Administração Pública, 37(1), 99-132. Acesso em: 15/06/2020. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/viewFile/6478/5062
× Quer tirar alguma dúvida? Fale conosco