Loading...
Indicadores de Estrutura de Capital

Se você como empreendedor se pergunta: Como posso entender a estrutura de capital da minha empresa? Temos uma boa notícia, através dos Indicadores de Estrutura de Capital é possível responder tal pergunta. Então, saiba aqui Quais São os Indicadores de Estrutura de Capital.

Você como empreendedor deve saber que uma das formas de sua empresa obter maiores lucros é através da alavancagem financeira. Ou seja, obtendo recursos de terceiros por meio de endividamento para aumentar a operação da sua empresa e aumentar a lucratividade dela.

É importante ressaltar que nem todo endividamento é negativo, como dito acima ele pode servir para gerar mais lucros. Contudo é importante acompanhar os Indicadores de Estrutura de Capital para saber qual é a saúde financeira da sua empresa ao lidar com os endividamentos tomados para aumentar a lucratividade.

Neste artigo apresentamos 9 diferentes Indicadores de Estrutura de Capital vindos da Contabilidade Gerencial e são usados para manter os gestores em dia quanto à situação da Estrutura de Capital da sua empresa.

Neste artigo exploramos os seguintes aspectos dos indicadores de Estrutura de Capital:

  1. O que é a Estrutura de Capital da sua empresa;
  2. Sobre os Indicadores de Estrutura de Capital;
  3. Definição dos Indicadores de Estrutura de Capital;
  4. Qual é a utilidade dos Indicadores de Estrutura de Capital;
  5. Quais são os Indicadores de Estrutura de Capital;
    1. Indicador de Endividamento Geral ou Participação do Capital de Terceiros;
    2. Indicador de Endividamento com Terceiros;
    3. Indicador de Imobilização Sobre Recursos Não Recorrentes;
    4. Índice de Endividamento Total Sobre Patrimônio;
    5. Indicador de Cobertura de Juros;
    6. Indicador de Capital Próprio;
    7. Indicador de Capital de Terceiros;
    8. Indicador de Composição de Endividamento de Curto Prazo;
    9. Indicador de Composição de Endividamento de Longo Prazo.
  6. Relação dos Indicadores de Estrutura de Capital com o EBITDA
  7. Pontos Positivos e Negativos
  8. Considerações Finais 
  9. Referencias 

O que é a Estrutura de Capital de sua empresa?

De forma geral existem duas fontes de capital para a sua empresa:

  • Fonte de capital de terceiros (emprestimos, financiamentos, bancos);
  • Fonte de capital próprio (sócios).

Assim, a forma como sua empresa lida com a captação de recursos provindos dessas duas fontes irá revelar a estrutura de capital dela.

Sua empresa pode ter uma estrutura de capital de:

  • Acionistas
  • Dividas de curto prazo (menores de um ano)
  • Dívidas de longo prazo (maiores que um ano)

Sua empresa pode optar por ter uma estrutura de capital mais ousada/arriscado e possibilitar aumentar/alavancar seus lucros apesar do risco ou ter uma estrutura de capital mais conservadora optando por mais capital próprio do que de terceiros e se alavancando menos.

Sobre os Indicadores de Estrutura de Capital

Eles são utilizados para fazer uma análise fundamentalista da empresa que você deseja estudar. Ou seja, é um método de análise onde você irá analisar os fundamentos da empresa baseando-se em dados contábeis dela.

O uso desses indicadores é indicado para que você saiba se a sua empresa tem uma gestão eficiente do seu endividamento.

É possível comparar os Indicadores de Estrutura de capital da sua startup/empresa com outras empresas do mesmo setor que divulgam seus balanços (geralmente empresas com capital aberto na Bolsa de Valores) para saber se a sua empresa é competitiva na gestão de seu endividamento.

Em sua empresa a estrutura de capital está diretamente relacionado com o custo e valor de capital

Nisto os Indicadores de Estrutura de Capital servem para avaliar a situação financeira da sua organização.

Analisando os Indicadores de Estrutura de Capital você conseguirá saber qual é a capacidade de sua empresa de honrar as suas dívidas.

Definição dos Indicadores de Estrutura de Capital

É normal que empresas se endividam para que possam aumentar/alavancar seus resultados. Assim sendo, gerir a captação de recursos de terceiros e a estrutura de capital da sua empresa é uma atividade essencial para ter um crescimento sustentável.

A análise dos Indicadores de Estrutura de Capital é um dos métodos mais usados no mercado para verificar se a gestão financeira do endividamento da empresa é saudável ou não.

Podemos dizer que esses indicadores são o conjunto financeiro de dados que mostram a condição de sua empresa em tratar seu nível de endividamento. Mostrando o tamanho da dívida e a capacidade de sua empresa pagá-las.

Assim sendo, o que eu posso avaliar com os Indicadores de Estrutura de Capital?

  • Qual é a quantidade de capital de terceiros que está sendo utilizado.
  • Qual é a capacidade da empresa de gerar caixa para pagamento das dívidas.
  • Qual é a capacidade de sua empresa de conseguir operar de forma sustentável.

Qual é a utilidade dos Indicadores de Estrutura de Capital

Eles ervem para indicar o grau de dependência financeira da empresa de recursos de terceiros utilizados para aumentar/alavancar os resultados operacionais.

Com isso é possível através da análise desses indicadores saber o risco financeiro da empresa em análise. Empresas com maiores potenciais de capital de terceiros são julgadas como mais arriscadas pelo mercado.

Tabela Resumo Indicadores de Estrutura de Capital com Fórmulas

Tabela Resumo Indicadores de Estrutura de Capital e Endividamento

Indicador de Endividamento Geral ou Participação do Capital de Terceiros e Como Calcular

O Indicador de Endividamento Geral ou também conhecido como Indicador de Participação do Capital de Terceiros mede o quanto a empresa analisada tem de endividamento em relação ao total de capital que foi aplicado nela.

Para interpretar o Indicador de Endividamento Geral você como empreendedor deve dar preferência para números menores, ou seja, quanto menor, mais saudável sua empresa estará.

Como Calcular

Fórmula Endividamento Geral = (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante)/ Ativo Total

Indicador de Endividamento com Terceiros e Como Calcular

O Indicador de Endividamento com Terceiros mensura o quanto sua empresa levou de capital de terceiros para cada real de capital próprio investido na empresa.

Neste caso, para interpretar o indicador é simples, quanto menor melhor pois indica um menor grau de endividamento com terceiros.

Como Calcular

Fórmula Endividamento com Terceiros =  (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante) / Patrimônio Líquido

Indicador de Imobilização Sobre Recursos Não Recorrentes e Como Calcular

O Indicador de Imobilização Sobre Recursos Não Recorrentes mensura qual é o percentual de recursos não recorrentes da empresa foram investidos nos ativos permanentes dela.

Neste caso quanto menor o indicador melhor

Como Calcular

Indicador de Imobilização Sobre Recursos Não Recorrentes = Ativo Permanente / (Passivo Não Circulante + Patrimônio Líquido)

Índice de Endividamento Total Sobre Patrimônio e como Calcular

Este índice mostra a relação do total de capital investido pelos sócio com o total de capital captado de terceiros. 

Quando sua empresa tem este indicador elevado significa que possivelmente sua empresa terá dificuldade para conseguir mais financiamentos e gerar mais caixas, pois grande parte do lucro está sendo destinado para o pagamento do endividamento atual.

Como calcular

Fórmula Endividamento total/patrimônio = Total do Endividamento / Patrimônio Líquido

ìndice de cobertura de juros

Indicador de Cobertura de Juros e Como Calcular

O Indicador de Cobertura de Juros mostra a capacidade de sua empresa pagar os juros das suas dívidas adquiridas sem comprometer a geração de caixa dela.

Sua empresa poder ter um alto grau de endividamento mas ter uma boa cobertura de juros revelando que ela é uma boa pagadora apesar de ser arrojada no uso de dívidas para alavancar os lucros.

Como Calcular

Fórmula Índice de cobertura de juros = Lucro antes dos juros e impostos (EBIT) / Despesas financeiras brutas

Indicador de Capital Próprio e Como Calcular

O Indicador de Capital Próprio indica um percentual de participação do capital próprio (provindo dos sócio) na composição do total do ativo da empresa.

De forma geral, quanto maior esse indicador melhor, pois mostra que a empresa utiliza em maioria o capital próprios dos sócios investidores. Contudo a empresa pode ter esse indicador menor e ter bons resultados de geração de lucros e ao mesmo tempo conseguir arcar seu endividamento de forma saudável. 

Como calcular

Fórmula Participação do Capital Próprio = Capital Próprio / Ativo Total

Indicador de Capital Próprio ao Capital de Terceiros e Como Calcular

O Indicador de Capital Próprio ao Capital de Terceiros mensura em percentual o quanto que o capital próprio (aquele investido pelos sócios que se encontra no Patrimônio Líquido do Balanço Patrimonial) representa dos endividamentos de curto e longo prazo (Passivo Circulante e Passivo Não Circulante).

Como calcular

Fórmula Garantia do Capital Próprio ao Capital de Terceiros = Patrimônio Líquido / (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante)

Indicador de Composição do Endividamento de Curto Prazo e Como Calcular

O Indicador de Composição do Endividamento de Curto Prazo (menor que um ano) mensura qual é o percentual de dívidas de curto prazo em relação às dívidas totais da empresa analisada.

Neste caso quanto menor o indicador, melhor para a sua empresa, pois demonstra que a maioria do endividamento não irá comprometer o curto prazo da operação.

Como Calcular

Fórmula Composição do Endividamento de Curto Prazo = Passivo Circulante / (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante)

Indicador de Composição do Endividamento de Longo Prazo e Como Calcular

Indicador de Composição do Endividamento de Curto Prazo  (maior que um ano) é um dos Indicadores de Estrutura de Capital e neste caso mensura qual é o percentual de dívidas de longo prazo em relação às dívidas totais da empresa analisada.

 

Como Calcular

Fórmula Composição do Endividamento de Curto Prazo = Passivo Não Circulante / (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante)

Relação dos Indicadores de Estrutura de Capital com o EBITDA

O EBITDA demonstra a capacidade de uma empresa gerar caixa, pagar dividendos, fazer novos investimentos e aumentar a lucratividade.

É normal dizer que com um EBITDA saudável a empresa poderá procurar se endividar para alavancar mais ainda os seus resultados de uma forma saudável já que a mesma tem uma boa geração de caixa.

Pontos Positivos dos Indicadores de Estrutura de Capital

Segue abaixo uma listagem dos pontos positivos dos Indicadores de Estrutura de Capital:

  • Possibilita uma visão clara do grau de risco da empresa em análise
  • Possibilita uma visão clara do endividamento da empresa
  • Possibilita uma visão clara a dependência de capital de terceiros
  • Possibilita uma visão clara da dependência de capital interno

Pontos Negativos dos Indicadores de Estrutura de Capital

  • Segue abaixo uma listagem de pontos negativos dos indicadores de Estrutura de Capital
  • Não pode ser usado de forma isolada pois pode haver distorções na análise
  • Não possibilita uma visão geral da empresa, analisando somente o endividamento da mesma.

Considerações Finais Sobre os Indicadores de Estrutura de Capital

Os Indicadores de Estrutura de Capital demonstram a política de captação de recursos de terceiros da empresa analisada. Indicam de forma clara qual é a dependência da startup/empresa de capital de terceiros.

O Indicadores de Estrutura de Capital são considerados como método de análise dos fundamentos reais da empresa. 

Recomendamos ao gestor de uma startup ter em mãos de maneira constante os cálculos dos Indicadores de Estrutura de Capital. Com isso o gestor poderá garantir que sua empresa sempre tenha uma capitação de recursos de terceiros sadia e assim garantir melhores lucratividade através da alavancagem operacional saudável.

É importante que o gestor de uma startup (ou de qualquer outra empresa) analise sua empresa com bases contábeis reais e não achismos próprios evitando tomada de decisões ruins. 

Assim sendo, considerando todos os Indicadores de Estrutura de Capital apresentados e a sua importância para a gestão financeira de sua empresa há de se ressaltar a necessidade de ter os dados dos passivos e ativos do balanço patrimonial muito bem contabilizados, tendo sua contabilidade em dia será muito mais fácil para você como gestor de uma startup/empresa analisar com bases reais a saúde da sua empresa e tomar boas decisões gerenciais. Nisso nós da Cognitio podemos te ajudar entre em contato conosco pelo telefone (11) 3042-8522 e tenha uma contabilidade sempre em dia para realizar suas análises e aumentar seus lucros.

Referências Sobre os Indicadores de Estrutura de Capital

  1. Como Investir The Cap. O que são Indicadores de Estrutura de Capital e Como Calcular. Acesso em: 04/05/2020. Disponível em: https://comoinvestir.thecap.com.br/o-que-sao-indicadores-estrutura-capital/
  2. REIS. Tiago. Indicadores de Estrutura de Capital saiba o que são e como são calculados. Suno Research. Acesso em: 04/05/2020. Disponível em: https://www.sunoresearch.com.br/artigos/indicadores-estrutura-capital/
  3. NETO, Alexandre Assaf. Estrutura e Análise de Balanços. 9a. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.
  4. IUDICÍBUS, Sérgio. Análise de balanços. 8a. Ed. São Paulo: Atlas, 2007.
  5. MARION, José Carlos. Análise das Demonstrações Contábeis: contabilidade empresarial. Atlas, 3a. Ed., 2010.
  6. MATARAZZO, Dante Carmine. Análise financeira de balanços. Atlas. 6a. Ed., 2010.
  7. UFRGS. Indicadores de Estrutura de Capital. Acesso em:04/05/2020. Disponível em: https://lume-re-demonstracao.ufrgs.br/analista-contabil/indicadores_estrutura.php 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
 
 

× Quer tirar alguma dúvida? Fale conosco